Pesquisar

domingo, 10 de julho de 2011

Pr. João Gomes da Silva

Presidente da Assembléia de Deus no RN, de 1993 a 1998.

Síntese biográfica(1935-1998)

João Gomes da Silva nasceu em Macaíba/RN, em 30 de outubro de 1935. Ainda jovem, abraçou a fé evangélica e passou a residir na cidade de Mossoró/RN, onde se destacou como ativo participante de atividades evangelísticas, de comissão de visitas, coral e banda de música.


No ano de 1957, casou com a Angelita Inácio de Oliveira Silva, com quem veio a ter 12 filhos, sendo o seu primogênito o professor e cantor evangélico Gersony Gomes.
Tornou-se obreiro leigo da Assembléia de Deus, pastoreando o rebanho do Senhor nas cidades de Caraúbas, Patu, Areia Branca e Serra do Mel (todas no RN), além de Petrópolis (RJ).

Em 24 de janeiro de 1967, foi consagrado Ministro do Evangelho, pela Convenção Estadual de Ministros da Assembléia de Deus no RN - CEMADERN, registrado sob o nº 026.


Foi o primeiro pastor da AD, no interior do Estado, a concluir um curso universitário (Pedagogia, com habilitação em Administração Escolar, em 1979). Fez, ainda, faculdade teológica, em Recife/PE, em uma época marcada pelo preconceito para com os obreiros que se interessavam pelo ensino teológico regular.
Em 15 de abril de 1981 assumiu o pastorado da AD em Mossoró (segunda maior igreja evangélica do Estado), de onde saiu para assumir o pastorado da AD em Natal, com jurisdição em todo o Estado, e a presidência da CEMADERN.

O MINISTÉRIO EM NATAL Foram 5 anos e 3 meses de Ministério Regional, iniciados na data de 23 de maio de 1993 e encerrado, de forma trágica, na noite do sábado, 22 de agosto de 1998.
Pr. João Gomes, por ocasião do Culto de sua Posse na IEADERN, tendo ao seu lado o Pr. Gilson Oliveira - mantenedor deste Site.
Ao assumir a Presidência da IEADERN, o Pr. João Gomes anteviu 3 grandes desafios:
1º) reestruturar e reorganizar a Igreja, na Capital, de forma a otimizar o uso do potencial humano que nela havia;
2º) desenvolver mais a evangelização no Estado e a missão transcultural;
3º) e promover uma maior integração entre a Capital e o Interior (parte dessas metas foram alcançadas e outras partes estavam em fase de consolidação, quando de sua partida).
Sob sua liderança, a AD em Natal teve crescimento anual superior à média nacional das AD's. Em 1996, a Igreja expandiu seu número de congregações em 17%, através da conclusão de novos templos; e elevou o seu número de membros em mais de 15%. Nos cinco anos e três meses, fez crescer o número de congregações na Capital, que passou de 57 para 130.

Uma nova organização eclesiástica foi implantada em Natal, dentro de uma visão mais moderna de gerência de igrejas. Em alguns aspectos, a igreja conheceu a modernidade, começando a utilizar os recursos da informática e da comunicação virtual.


As atividades de senhoras recebeu grande estímulo, organizando-se em departamentos no Templo Central e nos Setores.
Na missão transcultural, abriu novas frentes em Portugal e Venezuela; além de manter as que já detinha em outros três países: Equador, Guiana Francesa e Paraguai. Ademais, novos missionários estão em fase de preparação e seleção para outros países, nos três continentes.
A atualização e a capacitação de obreiros foi estimulada, nesse período, através da oferta de cursos regulares de teologia e formação de obreiros. Outros cursos também foram ofertados ao obreiros e funcionários da Igreja, na área do conhecimento secular.

Porém, foi a aquisição da Rádio Nordeste Evangélica que marcou sua passagem por Natal. Hoje, essa emissora é um marco na evangelização local e regional, sendo ouvida em quase toda a região nordeste e em alguns países do Exterior.


Em 22 de maio de 1997, por iniciativa do Verador Pr. Antônio Jácome, recebeu o Título Honorífico de Cidadão Natalense, na Câmara Municipal do Natal.
Quando do seu falecimento, o Pr. João Gomes era membro do Conselho Fiscal da Casa Publicadora das AD's no Brasil.

UM TOQUE DE ESPIRITUALIDADE E UMA HERANÇA São vários os depoimentos de auxiliares mais próximos que dizem ter ouvido do Pr. João Gomes alusões ao seu breve chamamento à eternidade. Sempre disse que teria um curto ministério, inclusive fazendo referências ao número de anos que permaneceria na presidência da Igreja. O seu primogênito, Gersony Gomes, declarou tê-lo ouvido afirmar: "o que passar de 5 anos é lucro!".

Nos últimos meses, vinha repetindo, em vários lugares, que estava próximo de encerrar seu ministério, afirmação hoje considerada profética.

Deixou em saudades incontidas a única mulher de sua vida, a Irmã Angelita Inácio de Oliveira Silva, e sua prole de 11 filhos; deixou, também, um legado de bondade e um exemplo de dedicação à causa maior do Evangelho, da qual fez profissão de fé e objetivo de vida.

Fonte: Icapodi.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INCLUIR COMENTÁRIO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...