Pesquisar

domingo, 23 de junho de 2013

MANIFESTAÇÕES PÚBLICAS BRASIL À FORA

A que se prestam as manifestações das massas? E bom que acordamos. E não se faz necessários vandalismos. É possível nos revoltarmos sem violência. Isso evidenciaria que somos uma civilização avançada.

                                

 Temos várias razões:

1.    Péssimos serviços públicos oferecidos ante uma montanha de impostos cobrados da população, em especial da classe média baixa. A exemplo das concessões dos transportes públicos, saúde, segurança, educação de má qualidade, que inclusive, tem servido de desestímulos ao corpo docente e discente. Neste particular temos Escolas sem turnos, sem alunos para preencher as séries, burocracias mil para se utilizar os recursos financeiros. Centavos que prejudicam verbas de semestre ou exercício posteriores, tudo em função burrocracia das prestações de contas junto às Secretarias Estaduais e Municipais.

2.    Instituições caras as quais privilegiam poucos, com orçamentos fora da realidade social do país. Prédios faraônicos, por aí vão...STF, STJ, TSE,TRE, TST,TRT, MPF, MPT...

3.    Classe política sugando a nação. Na maioria, prestam o desserviço ao povo brasileiro. Seus custos são altíssimos, em detrimento das carências sociais que vivenciamos. É preciso haver um movimento de peso para revogarmos uma série de leis ilegítimas que eles aprovaram, legislando em causa própria. Essa correção de rumo não pode depender deles. Que nós encontremos os mecanismos públicos adequados para promovermos uma ruptura na politicalha brasileira atual.
Um bom começo seria a redução no quantitativo de vereadores, deputados e senadores em cada casa respectivamente e a redução das remunerações absurdas, em relação a média salarial do brasileiro e cortes de privilégios, custos indiretos que eles mesmos criaram.
4.    A corrupção é um câncer no corpo da nação, da planta do pé ao alto da cabeça. Precisa ser extirpado. Apesar do esforço da imprensa, as leis atuais não condenam efetivamente aqueles que, de alguma forma, desviam recursos do erário público. Quase sempre escapam. Só o pobre vai para cadeia.

5.    A República Federativa do Brasil centralizando recursos, em prejuízo aos Estados e Municípios. O Pacto Federativo precisa ser revisto. Vemos também um Poder atropelando as atribuições do outro.
6.    Temos polícias de toda espécie e o mínimo de segurança aos cidadãos. Policiais que são preparados para lidar com a violência dos maus elementos. Porém, complemente despreparada para dialogar com a população, seja individualmente ou coletivamente. Só sabem usar a força. No primeiro momento que se sentem questionadas abusam do poder de polícia que detém, sem falar naqueles que se tornam elementos de mau caráter dentro das corporações policiais.

7.    Como fazer para que o bolo da arrecadação nacional chegue aos seus destinos, com licitações sérias, com menos intermediários, sem propinas, sem corrupção ativa ou passiva, sem crimes de peculato, sem desvios tão frequentes, etc...???

8.    E quanto àqueles que prestam serviço ao Poder Público, possam receber na medida em que realizam os empreendimentos, a preços justos, com as devidas garantias do que está entregando contratualmente, sem majoração de preços absurdos, pois não sabem quando irão receber. Que ineficiência é esta na máquina pública?

9.    Millor Fernandes estava certo quando dissera a respeito do Brasil:”Temos bastante  pré sal em profundidade e caráter na superfície.” É possível que este seja o maior problema do país. E por que não dizer: Do homem moral e espiritualmente caído. E só se resolve com mudança no homem interior.

10. Então, a solução é o homem nascer de novo, como disse Jesus Cristo, deixando crucificado o velho homem. E a partir daí, exercer uma cidadania consciente e responsável entre nós semelhantes.

Samuel P M Borges - Junho 2013

2 comentários:

  1. Um fato interessante,

    O que estamos assistindo no Brasil, na verdade, é um reflexo dos movimentos de massas em países do mundo árabe. Líbia, Iêmen, Egito, Tunísia, todos partiram de articulações nas rede sociais virtuais. No Brasil, a questão não é centavos a mais - é por um Brasil que verdadeiramente distribua justiça social. De que adianta mega-estádios se os serviços básicos estão aos flagelos? Minorias com o filé e a maioria com o osso.São estas as questões em foco.

    ResponderExcluir
  2. Vamos manifestar, mas com lucidez! Gostei do blog. Aline Da Cidade das Pirâmides,em meio
    a uma passeata de estudantes, mas sem vandalismo! Vejam! http://www.youtube.com/watch?v=62b3f66OP60&feature=youtu.be …

    ResponderExcluir

INCLUIR COMENTÁRIO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...