Pesquisar

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Evolucionismo x Criacionismo


Teoria evolucionista – afirma que mundo surgiu ao acaso, de um Big Bang, uma explosão cósmica(causa desconhecida), que a matéria é sempre eterna e que dela se originou todas as coisas, até as mais complexas. A bem da verdade, até na teoria do Big Bang se faz menção a leis naturais desconhecidas. Que leis são estas?

Teoria Criacionista – defende a existência de um agente responsável pela criação de todas as coisas completas e acabadas, que houve uma ação criadora e um tempo determinado em que tudo no universo surgiu não por acaso, mas pela vontade soberana desse agente  externo à criação, infinitamente mais complexo, poderoso e  sábio, que tem o conhecimento e o controle sobre as leis que regem o universo e os seres por Ele criados.
Vejamos as leis físicas e bio-genéticas que a teoria da evolução se choca frontalmente.

1 1.Lei de causa e efeito. Aceita em todos os campos da ciência. De acordo com ela, nenhum efeito é qualitativamente melhor nem quantitativamente maior do que a causa.  A teoria da evolução afirma que a matéria inanimada é a causa, a origem  da vida complexa. Para os evolucionistas, a matéria inanimada é a causa; o homem, o efeito. O ser humano é absurdamente mais complexo que a matéria inanimada. Portanto, a teoria da evolução contraria a lei de causa e  efeito.

   2.  Primeira lei da termodinâmica -  Segundo essa lei, também conhecida como a lei da conservação da energia, a energia não pode ser criada nem destruída; a quantidade de energia no universo é sempre a mesma, podendo ser apenas transformada em diversos níveis. Os evolucionistas desprezam essa lei em prol de sua teoria, afirmando que a energia está em expansão, em evolução. Isto é mais um equívoco.

    3. Segunda lei da termodinâmica – Essa lei atesta que o universo caminha de níveis organizados para níveis cada vez mais desorganizados. Toda desordem(entropia) que pode haver num sistema altamente complexo faz com que esse sistema decresça, entre em colapso; fique cada vez mais desorganizados. Ora os evolucionistas, afirmam exatamente o contrário, desprezando a ciência. Enquanto que o criacionismo afirma que Deus fez o universo completo e perfeito(Gn 1.18), mas o a desobediência do homem desorganizou não apenas o sistema psicobiosocial do homem, mas também a natureza. Ou seja, a mais base científica no criacionismo do que no evolucionismo.

   4. Lei da biogênese – Essa é outra verdade científica que é desprezada pelos evolucionistas. Formulada pelo microbiologista francês Louis Pasteur e o médico sanitarista Walter Reed, a lei da biogênese diz que uma vida só pode originar-se de outra vida. De acordo com essa lei, a matéria e inorgânica não pode produzir vida, nem o inorgânico produzir o orgânico. Logo, a teoria de que o homem é produto do acaso e da matéria inanimada não é sustentável. Para o criacionismo foi um  Deus vivo que criou o homem e todos os demais seres vivos. A lei da biogênese  está de acordo com as descobertas de Mendel sobre o código genético. Por volta de 1865, o cientista Gregor Mendel descobriu o código genético, que lhe possibilitou entender que as características de uma espécie só podem ser  transferidas  para gerações  futuras da mesma  espécie. Ervilha só produz ervilha; gato só gera gato; cachorro só gera cachorro; ser humano só gera ser humano.  Por que é assim?Porque quem cria estabelece a norma, e a norma que o Criador estabeleceu foi:produza cada um conforma a sua espécie. Gn 1.24.

  5. A farsa da evolução dos primatas – Pensa-se que o homem de Neandertal era um dos primeiros primatas na escala evolutiva. A ciência desmascarou essa farsa, ele era tão humano quanto qualquer um de nós. A única diferença era que ele sofria de raquitismo. Outra farsa foi a de Charles Dawson, em 1953, que por meio de técnicas avançadas, envelheceu quimicamente ossos do crânio humano e da mandíbula de macacos e misturou-os, para afirmar que o fóssil do homem de Pildown era o de um “homem-macaco”; uma “prova” de nosso ancestral na evolução da espécie.

    6. Concluindo -  Outro fato é  que  não há fósseis  que indiquem a existência de espécies intermediárias.  E que eu saiba até então, os macacos continuam irracionais e só os seres humanos criados à imagem e semelhança do seu Criador são racionais e morais. Então, se quisermos saber sobre a origem do homem, as leis que o governam e como ele funciona, devemos consultar a Bíblia, o “Manual do Fabricante”.

A verdade, antes de ser reconhecida, passa por três etapas: primeiro é ridicularizada, depois é combatida com violência, e finalmente é reconhecida como óbvia.
Arthur Schopenhauer

Fonte de pesquisa:
Livro: O que é o ser humano – Pr. Silas Malafaia. Editora Central Gospel. 1ª edição abril/2009.
Livro: Criação ou evolução? Dave Hunt. Atual edições.

Sugestão: Quem desejar conhecer mais sobre o tema aponto o Trabalho Científico: Criação ou Evolução  - Adauto Lourenço, em linguagem acessível aos leigos, em 4 DVD, sensacional para assistir e fazer dinâmicas de grupo. São 8 palestras riquíssimas. Custo em torno de R$60,00. Adquirir pelo site: WWW.chamada.com.br


Samuel P M Borges

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INCLUIR COMENTÁRIO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...